segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Paris e o beef bourguignon

Uma das coisas boas do meu trabalho é sem dúvida viajar, conhecer novos lugares e novas pessoas, de outras culturas e com formas de vida diferentes. Isto pode parecer um chavão, mas não é, quando se acaba um jantar com pessoas de 15 ou mais países diferentes a comparar as formas diferentes como vivemos. Quando digo que vou ao estrangeiro em trabalho, alguns amigos brincam que é uma sorte - e de certa forma é, mas muitas vezes o tempo para passear é pouco ou nenhum (normalmente, só o tempo de esperar pelo voo de regresso) e, quando as viagens se sucedem com intervalos pequenos, o cansaço acaba por se acumular sem ter tempo de me libertar dele. Apesar disso, voltar a Paris em trabalho foi uma oportunidade de conhecer a cidade no Inverno, depois de já a ter visitado no Verão há uns anos com o meu namorado e termos ficado absolutamente rendidos (apesar dos muuuitos turistas). No pouco tempo de passeio, foi oportunidade para, enfrentando o frio, passar pelo Quartier Latin, Notre Dame, Hotel de Ville e depois fazer o percurso de Saint Germain des Près, passando pelo Sena com vista para a Torre Eiffel, até aos Champs Elysées completamente a abarrotar de gente e ao Arco do Triunfo.
Os organizadores da reunião quiseram compensar-nos por estarmos numa das mais bonitas cidades do mundo, mas fechados numa sala (!), oferecendo-nos alguns dos ícones da gastronomia francesa: os croissants e os pains du chocolat, os macarrons e o beef bourguignon. Mas se a Julia Child se apaixonou pela receita, a mim desiludiu-me um pouco: a carne era bastante macia, mas o molho não era muito do meu agrado, não sei se era o vinho ou as especiarias. Mas teremos sempre Paris.

O Facebook restringiu a divulgação dos posts de páginas como a do blog: se quiserem ver o que postamos por lá, façam uma ou ambas estas operações:
https://www.facebook.com/pages/A-Marmita-Lisboeta/268773549859252

4 comentários:

Lia Teixeira disse...

Ana querida,
Eu acho o mesmo, que poder viajar em trabalho é um privilégio e conheço Paris e e quero lá voltar.
Olha, eu já fiz o Beef bourguignon da Julia Child e amei e também já fiz outras versões bem mais simplificadas e menos trabalhosas e nunca fiquei desiludida. Que pena que não gostaste, mas sim, terás sempre Paris :)))!
Beijinhos grandes,
Lia.

Cozinhar sem Lactose disse...

Adoro o boeuf bourguignon, como é que não gostaste??? ;-) Paris é uma bela cidade!

cristina fonseca disse...

Aiiii Paris... ( suspiro profundo)
Fui lá em lua de mel , faz para o mês que vem 12 anos :) E claro amei! Apesar do frio e das fotos TOOOODASSS em que só se via os olhintos por estarmos encasacados!
Estou deserta para voltar lá :)
O molho também me desiludio um pouco, estava à espera de mais "corpo" e mais tempero.
beijinho doce :)

Marmita Lisboeta disse...

Obrigada, Cristina, agora não me sinto tão sozinha!
Ana e Lia, se calhar tenho que voltar a provar noutro sítio, pode ser a forma como fizeram naquele restaurante (embora os franceses na mesa dissessem que a receita estava bem feita)...
Beijinhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...