terça-feira, 10 de dezembro de 2013

[Desafio Hellmann's] Bacalhau à Zé do Pipo

Em nossa casa, há muitos anos que o prato da noite de Natal é bacalhau à Zé do Pipo, com couves no fundo. Assim, decidiu-se que há batatas, bacalhau e couves para os mais velhos, mas também um prato de que todos gostam e que não sabe a desconsolo. O bacalhau com couves era um plus quando os tempos eram outros, mas é preciso ser crítico em relação à tradição, porque foi instituída por tempos de carência, que é precisamente aquilo de que fugimos como país - ou a que, se por ironia do destino, estamos a voltar, não é o que queremos comemorar neste dia. E o meio de tantas iguarias, queremos também algo que seja leve. Por desafio da Hellmann's, que volta agora às prateleiras dos supermercados depois de uma década com outro nome, lancei-me numa tentativa de fazer um ensaio para o prato de Natal, que desse para aproveitar do fim-de-semana para uma marmita da semana. Trazer o Natal a todos os dias? Tentamos.
Bacalhau à Zé do Pipo (para 4 doses)
3 postas médias bacalhau
400-500gr batatas
leite (cerca de 300-400ml)
acelgas (ou espinafres ou couves)
25gr margarina
2 cebolas
2 ovos
sal e pimenta jamaicaana/noz moscada q.b.
Maionese Hellmann's a gosto


Cozer as postas de bacalhau em leite. Quando cozido, desfiar.
À parte, cozer as batatas com uma cebola e sal. Quando estiverem cozidas, retirar a cebola e a água. Juntar um pouco de leite da cozedura do bacalhau (controlar quantidade para não ficar demasiado líquido), a margarina e esmagar as batatas.
Separar claras e gemas. Bater as claras em castelo. Juntar ao puré e envolver suavemente. Temperar com pimenta jamaicana.

Num tabuleiro, colocar azeite e 1 cebola cortada muito finamente em rodelas. 
Passar acelgas por água quente e colocá-las depois por cima das rodelas de cebola. Em seguida, colocar metade do puré de batata, o bacalhau desfiado e nova camada com restante puré.
Colocar flores de maionese com colher de sopa no topo do tabuleiro. Bater gemas e pincelar no topo do tabuleiro. Levar ao forno durante 10-15 minutos para gratinar.

3 comentários:

Tertúlia da Susy disse...

Gosto muito desse bacalhau!
Bjs, Susana
Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

Sofia Marques disse...

Adoro Bacalhau à Zé do Pipo e o seu tem tão bom aspecto :-)

Célio Cruz disse...

Gosto muito de Bacalhau à Zé do Pipo e é sem dúvida uma excelente alternativa para quem não é adepto do tradicional bacalhau cozido com couves. E quando se tem uma saborosa maionese como a Hellmann,s, tudo fica ainda mais saboroso. ;)
Beijinho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...