quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Bolo branco

Espero que os vossos Natais tenham sido muito bons! Estamos todos fartos de bolos e doces, mas as Festas só acabam no Ano Novo e é uma prova de resistência! Por aqui, trago-vos um bolo especial, quem sabe para passagens de ano em casa. O bolo dos nossos aniversários, feito pela minha mãe, tem sido o bolo branco, em variantes diferentes de recheios e coberturas, mas com uma característica distintiva: a massa é branca, por efeito do cremor tártaro! Mas nunca tinha feito em minha casa, até me decidir a fazer a receita para levar para um lanche de Natal no trabalho. A aventura começou numa ida a várias farmácias no centro de Lisboa que diziam que não vendiam cremor tártaro há 10 anos... No Facebook do blog, lancei o pedido de ajuda e a Manuela do Tertúlia de Sabores indicou-me uma loja de cake design que tinha o "pó mágico". Horas depois estava eu a fazer o bolo ao som desta música. À chegada ao lanche, o aspecto era este:
Quando virei costas, o que sobrou do bolo no lanche foi isto:
Tirem as vossas conclusões.

Bolo branco
Massa
6 claras
150gr Açúcar
75gr farinha super fina
1/2 colher sopa cremor tártaro
2/3 colher chá fermento (Pó Royal)

Recheio
2 chávenas café Água 
1 chávena café Açúcar 
6 gemas
1 pitada Canela

Cobertura
200gr natas (Longa Vida)
1 chávena de café de açúcar
Chocolate Pantagruel

Para a massa: Bater as claras em castelo bem firme, com o açúcar e o cremor tártaro. Incorporar a farinha com o fermento mexendo com uma colher de pau.
Levar ao forno a 200ºC em forma (redonda ou quadrada) por untar e tapado com uma folha de alumínio, durante 20 minutos, retirar a folha depois disso e controlar cozedura com palito.
Retirar do forno e voltar a forma para baixo em cima de duas chávenas, até arrefecer. 
Para o recheio dos ovos moles: Colocar duas chávenas de café de água com 1 chávena de água de açúcar e deixar ferver, mexendo. Retirar do lume e deixar arrefecer, deitar depois as gemas e mexer rapidamente. Deitar 1 colher de sopa de canela e mexer bem.

Para a cobertura: Bater as natas com o açúcar até ficar bem firme.

Desenformar o bolo, cortar a meio na altura e barrar a metade de baixo com ovos moles, colocar a segunda metade por cima. Cobrir com o chantilly. Raspar chocolate e colocar por cima ou decorar com frutos vermelhos (opcional).

2 comentários:

Moira disse...

Nham, nham, nham...
Com bagos de romã ficava mesmo com aspecto natalício :)
Mas que tem bom aspecto lá isso tem, acho que num destes dias vou ter que o experimentar.

Marmita Lisboeta disse...

Ah aposto que nas tuas mãos ficaria muito mais lindo! Mas eu por acaso não gosto muito de romã, já fizemos este com framboesas e mirtilos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...