sábado, 2 de agosto de 2014

Batido de amoras e framboesas

Neste arranque daquele que muitos acham o melhor mês do ano (not me, eu prefiro Maio!), mais um desafio Dia Um na Cozinha: batidos! Só agora consigo publicar, mas não quis deixar passar completamente um tema tão fixe! Frescura, fruta e refeições intermédias, é o que traduz para mim a experiência de batidos. Há muito tempo que não fazia batidos com leite, visto que fazia mais smoothies ou desde o ano passado os sumos detox, com os vegetais, sem adicionar leite, e por vezes só um pouco de água. (Excepção feita às digníssimas experiências com leite de arroz e amêndoa.) Por isso, sabe sempre bem experimentar mais uma forma de ingerir fruta, de preferência deixando alguns pedacinhos intactos, visto que a mastigação é importante, não só a ingestão já triturada. (A amora afogou-se e não esperou pela foto Instagram-wannabe.)

Batido de amoras e framboesas 
(para 2)
1/2 chávena de amoras e framboesas, frescas ou congeladas + 1 amora e 1 framboesa para colocar depois de terminar o batido
1/2 chávena de leite fresco
4-6 pedras de gelo
1 colher de sobremesa de açúcar
1 colher de café de essência de baunilha

Triturar todos os ingredientes na liquidificadora. Servir e beber imediatamente.

A Marmita Lisboeta está
no Zomato

3 comentários:

Susana Machado disse...

fantástico!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

sara patrao disse...

Óptima sugestão!
beijinhos
http://nacozinhadasara.blogspot.pt/

Raquel Vieira disse...

:) vou comprar essência de baunilha que não tenho cá em casa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...