sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Strogonoff de frango

Pode-se chamar "namorados" a quem mora "junto" há mais de três anos? "Marido e mulher"  - estranho; "companheiro/a" - não soa. Pois continuemos namorados. E por isso hoje trago-vos uma marmita amorosa, não porque tenha chocolate ou algum fruto vermelho, mas porque é "a" receita especialidade do meu namorado (companheiro-marido?), que se repetiu nos últimos tempos em variantes próximas porque o meu tempo para cozinhar e preparar marmitas diminuiu drasticamente: strogonoff de frango (também na variante peru). Sabe bem jantarmos juntos e ter uma caixinha pronta para, no dia a seguir, mesmo almoçando sozinha, ter a melhor companhia de todas. (As sementes de girassol foram acrescento meu, claro, porque para os homens isto é pouco diferente de alpista.)

Strogonoff de frango
Peito de frango em cubos
2 colheres chá Mostarda (artesanal de Ghent, na Bélgica)

Azeite
1 dente Alho picado
1/2 chávena Leite
1 colher chá Ketchup
Sal
Pimenta


Deitar azeite na frigideira. Colocar o frango na frigideira com sal e pimenta, e alho. Deixar fritar dos dois lados. Depois, misturar um pouco de ketchup e mostarda numa tigela com leite, e deitar uniformemente sobre a carne. Deixar espessar e rectificar sal. Servir com arroz branco.

3 comentários:

Cozinha em sarilhos disse...

Estou a ver que a "alpista" é um mal generalizado :)
Ficou muito bem e bem mais saudável, sem as natas!

Lia Teixeira disse...

Ai que linda marmita e tão romântica!!
Sim, romântico não é chocolate e frutos vermelhos e sim atenções e atitudes!
Beijinhos grandes e bom fim de semana,
Lia.

Marmita Lisboeta disse...

Somos uns passarinhos, @Cozinha em sarilhos!! :DDD

Lia, é mesmo isso.
Beijinhos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...