domingo, 7 de outubro de 2012

Poupar energia na cozinha

Um dia por semana, costumo ficar a trabalhar em casa. No que se refere ao almoço, aplicam-se os mesmos princípios dos restantes dias: preparar doses extra ao jantar da véspera. Poupa-se tempo e energia, algo importante nesta altura em que todas as contas aumentam como que por magia (uma magia má, claro!)...

Como normalmente economia rima com ecologia, ficam outras dicas para poupar energia na confecção das refeições e na organização da cozinha como um todo, via Ikea:
Preferir electrodomésticos de classe energética A ou A+;
também é importante escolher o que vamos tirar e não deixar a porta aberta muito tempo; regular a temperatura consoante quantidade de alimentos e temperatura exterior
Placas de indução representam uma poupança de 40% de energia face a placas eléctricas tradicionais
Cozinhar com a tampa da panela evita perdas de calor e permite poupar 20 a 30% de energia (seja gás ou electricidade)
Lavar a loiça na máquina é preferível, se cheia e em programas ecológicos, no horário mais económico
Separar os resíduos é importante, além de ser uma forma de evitar tantas deslocações ao caixote do lixo

Muitas destas práticas não custam nada e é particularmente importante passá-las às crianças, para que tenham consciência desde pequenos da importância de poupar ou rentabilizar a energia. Assim não serão esforços, mas hábitos.

4 comentários:

ricardo a. disse...

Este ano saiu uma directiva que obriga a que os frigorificos possuam classe energética mínima A+. Se encontrarem algum classe A à venda é porque é stock anterior.

Salsa Verde disse...

Obrigada pelo post super útil e informação preciosa!
Beijinhos,
Lia.

ana george disse...

Parece-me uma medida importante, mas talvez fosse importante divulgá-la mais, para que quem compre tenha conhecimento disso.

ana george disse...

Pequenas dicas que ajudam a poupar, Lia! beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...