segunda-feira, 30 de abril de 2012

Valira

Tiago falou-nos numas "tuppers" muito populares em Espanha, e revelou-nos a marca  mais tarde: Valira (site com preços).

A marca tem caixas que podem ir ao congelador, ao micro-ondas e ao forno, e que não vertem. Também tem os termos para sólidos, para líquidos (como o da Ana) e malas e lancheiras térmicas para transportar.





Mais alguém por aqui usa material da Valira? A Marmita Lisboeta tem uma parceria com a marca e podem ver neste link os artigos disponíveis.

(O blogue vai já no terceiro mês de vida e conta com 300 fãs na página do Facebook, muito obrigada a todos pelo apoio, visitas e comentários! O que gostavam de ver mais no blogue? Se há marmiteiros, em Portugal ou no estrangeiro, que queiram dar o seu testemunho, escrevam um email para marmitalisboeta@gmail.com a demonstrar interesse.)

sábado, 28 de abril de 2012

Cozinhar na feira do livro

A Feira do Livro de Lisboa é uma oportunidade para comprar, entre outros, livros de culinária a preços mais convidativos. Vejam aqui os livros do dia e mais info sobre a Feira.





Mas há também outros eventos, desde lançamentos a sessões de autógrafos. Hoje é dia para uma sessão de showcooking com os chefs Ljubomir Stanisic, autor do livro Papa Quilómetros e um dos chefs do Masterchef português, Henrique Sá Pessoa, autor de Ingrediente Secreto 1 e 2, e de Carlos Braz Lopes, autor d’O Melhor Livro de Chocolate do Mundo. Será às 19h30 no espaço da Leya.


No Porto, a Feira começa a 31 de Maio.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Almoço de tugas em Dublin

Quando visitei Dublin, fiquei surpreendida, não por ver muitos restaurantes de fast-food, como se encontram, por exemplo, em Londres, mas por encontrar muitas lojas e restaurantes a anunciar "fresh sandwiches". Não deveriam todas ser frescas...?

O TugasemDublin partilhou connosco a experiência de quem vive na Irlanda e como decorrem os almoços no trabalho. "Na Irlanda é comum comer no trabalho, mas comprar uma sandes ou fast food nos supermercados, não existem bons hábitos alimentares. Mas todos os locais de trabalho onde estive tinham pelo menos uma cozinha equipada".

Se não havia muitas opções perto do seu local de trabalho, nos últimos tempos esta tem sido a opção, de que tem fugido:

TugasemDublin
Passou a levar almoço para o trabalho todos os dias desde o passado mês de Novembro. A tupperware é protegida com um saco - "porque tenho sempre medo que um dia aconteça um azar...ehhehe" - dentro da mochila do trabalho, num compartimento próprio.


No escritório, tem "uma cozinha no meio do escritório, muito fashion, toda equipada e com duas mesas para almoçar. Alguns colegas levam também comida de casa e outros vão ao supermercado comprar", diz.

TugasemDublin
À pergunta sobre quais as receitas que funcionam melhor, responde que "todas, especialmente comidinha tradicional portuguesa". Aliás, tanto assim é que "sempre que levo peixe ou alguma comida tipicamente portuguesa, bacalhau a brás, massa à lavrador etc.. todos os meus colegas vão cheirar e provar".

Empatamos na presença do FMI nos nossos países, mas na gastronomia típica o desempate é a favor do Sul...

quinta-feira, 26 de abril de 2012

GOOP

A actriz Gwyneth Paltrow é conhecida pela sua boa forma e faz questão de partilhar os seus conselhos de lifestyle no site Goop, além de já ter publicado um livro de receitas.

Além da alimentação, o site tem outras áreas como a de moda, desporto e viagens, onde já incluiu um post a recomendar Lisboa como visita turística de interesse!

As receitas são sempre marcadas pela procura de soluções saudáveis e ligeiras, e Gwyneth Paltrow dedicou já atenção ao tema da lunch box, com receitas até para os snacks, como barras de cereais. (A propósito, existe um acessório da Tupperware para fazer as barras de cereais em casa.)

Chicken salad
Turkey Wrap Bites
Homemade Granola Bars

terça-feira, 24 de abril de 2012

Passatempos

Depois de ontem partilharmos um passatempo flash de um dia no Facebook, e enquanto não temos passatempos próprios aqui pel'A Marmita Lisboeta (há-de chegar o dia!), deixo-vos sugestões de passatempos a que podem concorrer:
Passatempo Tupperware Micro Arroz - até 3 Maio (Vídeo) 

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Dica#(quem está a contar?)



No Media Markt até dia 25 de Abril: uma lancheira térmica com acumulador (!!) (e inclui caixas e colher-garfo). Bom para os tempos quentes que estão para chegar.


(Quem sabe para quem quer desde já arrumar o assunto da prenda do Dia da Mãe...?)

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Marmita jornalística

A Alexandra leva almoço para o trabalho desde sempre, a menos que possa ir almoçar a casa. No actual local de trabalho, o Media Lab do Diário de Notícias, tem duas salas com mesas e seis micro-ondas à disposição. Há mais colegas a comer lá diariamente, entre os quais a Filipa Barbosa, que retrata como "o ambiente na salinha dos microondas do DN é sempre  acolhedor, até temos televisão e ar condicionado quentinho para nos aquecer a alma. O almoço é tão familiar que até se faz contagem decrescente quando faltam 10 segundos para terminar o aquecimento dos nossos almoços".


Ao contrário da Alexandra, a Filipa só começou a levar marmita desde que está neste trabalho e diz: "descobri um mundo novo. Comecei a poupar mas com estilo!". 


No reutilizar é que está o ganho: a Alexandra usa "um simples saco de pano da Yves Rocher", enquanto a Filipa adaptou "uma malinha branca e preta de cosméticos da Parfois que a minha tia avó me ofereceu no Natal". A Filipa remata: "acho que podemos usar a marmita cheia de atitude".
Saco da Yves Rocher da Alexandra 
Almoço da Alexandra

Claro que não é bom quando a marmita toma atitudes próprias, como já aconteceu à Alexandra, quando resolveu "levar uma caixa com dois compartimentos e colocar de um lado sopa e do outro quiche" e, na hora de almoço, "estar tudo misturado! Ainda por cima não levei colher de sopa e tive de comer aquela mistela com uma pequena colher de sobremesa". Há dias mais glamourosos do que outros.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Amigos



Há melhor do que ter amigos entre os colegas na hora de almoço?  

quarta-feira, 18 de abril de 2012

ZERO


O projecto ZERO DESPERDÍCIO foi lançado esta semana e tem uma missão que é ao mesmo tempo social, económica e ecológica: acabar com os desperdícios alimentares em superfícies comerciais, fazendo-os chegar como refeições dignas a quem precisa. Com o lema "Portugal não se pode dar ao lixo", pretende "ter a certeza que aquela refeição do dia não vai para o lixo e que chega de facto à mesa de alguém".

Podem ver mais informação sobre o projecto aqui, incluindo como participar (além dos estabelecimentos e dos beneficiários, podem participar voluntários) e o hino, com música de João Gil e participação de muitos artistas nacionais.

terça-feira, 17 de abril de 2012

YouCook

Um site de receitas que é também uma comunidade, uma rede social e uma escola de cozinha. O YouCook nasceu pelas mãos de Pedro Lobato e Sofia Pereira, como apreciadores de cozinha mas não chefs. Aí podem encontrar as receitas de uma forma simples, mas também o vídeo para cada uma delas. Uma espécie de "veja e faça você mesmo".

Além do site, podem acompanhar o projecto em várias redes sociais: Facebook, Youtube, Twitter e Vimeo.


Uma receita a experimentar:



Preciso de um iPad para ver estes sites fantásticos ao pé do fogão!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Crise oblige

A Sandra L., de Lisboa, levava almoço para a escola onde trabalha, na Amadora, apenas esporadicamente, quando sobrava do jantar do dia anterior. Mas agora passou a fazê-lo mais vezes porque notou "diferenças na carteira" quando leva comida feita pelo namorado, que além disso é melhor do que a do bar da escola. A moda veio para ficar, porque “a crise assim obriga”. Por vezes, vai almoçar a casa da mãe, perto da escola. "E a comida da mamã ainda é melhor do que a do namorado. Perdões, R.".



As receitas que funcionam melhor são “massa recheada (com ricotta e espinafres ou afins) e carne de frango aos pedacinhos, envolta num molho de caril, cenas meio indianas que o meu homem inventa”.

No bar, há um microondas que costuma ter fila: “sim, somos muitas moças com marmitas”. Leva um saco térmico da Bimbo (“não tenho bimby mas tenho bimbo”), com "uma tupperware baratucha do Pingo Doce", com um sumo e fruta ou gelatina, e vai tudo num saco de papel. Mas “recebi recentemente de oferta um saquinho lindo feito por uma amiga onde vou começar a trazer para o trabalho os próximos almoços”.


Aqui ficam outros sacos feitos pela Minkas, uma artesã/cozinheira que podem contactar pelo email minkashop@gmail.com , para quem quiser sacos personalizados, únicos e giros!

Minkashop


Minkashop

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Berliner

Quando muitos portugueses estão a emigrar, a Rita Maria, do blogue Boas Intenções, decidiu deixar Berlim e regressar a Lisboa, onde mora, e trabalha agora em Setúbal. Já tinha passado por Inglaterra para fazer um mestrado e, desde que trabalha, sempre levou almoço: “sempre me pareceu que era dinheiro que podia gastar com vantagem noutra coisa qualquer, para além de comer comida melhor e mais saudável levando de casa”. Não é que não goste de comer em restaurantes, pelo contrário: “eu gosto muito de comer em restaurantes mas quando o faço gosto de ter tempo para gozar a companhia e comida que mereça o tempo e dinheiro que lhe dedico; odeio pagar por coisas que eu teria feito muito melhor com pouco esforço ou ter de comer à pressa”. 

Uma das diferenças: “em Portugal não fica mal beber álcool à refeição, mesmo que se vá trabalhar a seguir (grande país!), coisa que eu em Berlim só fazia muito de vez em quando com uma colega grega”. Mas há outras diferenças, a maior das quais é o facto de na Alemanha as pessoas comerem só uma refeição quente por dia, o almoço, embora tudo isso esteja a mudar. No seu local de trabalho actual, em Setúbal, tem condições semelhantes ou até ligeiramente melhores do que as que tinha na Alemanha e são muitos os colegas que aproveitam a cozinha com microondas, lugares sentados, torradeira, tostadeira e até máquina de café. “Mas isso se calhar já é sorte”.

Outra coisa em que já se sente “muito alemã” é em achar que alguns portugueses complicam um pouco o almoço no trabalho: “às vezes há uma entrada, um prato principal, bebida e sobremesa e são comidos de faca e garfo à mesa num prato”. Já ela simplifica e leva apenas uma única caixinha de comida para aquecer e come directamente daí. Junta-lhe “o que tiver encontrado na fruteira de manhã” para comer durante o dia e mete tudo na mala normal. Faz isso todos os dias, excepto se não tiver comida em casa, ceder à preguiça ou tiver combinado almoçar com amigos.



Ao contrário do Tiago, que está em Barcelona, a Rita é da opinião “que as massas no geral funcionam pior porque vão absorvendo líquidos e ficando sempre mais cozidas”. Evita também comidas com muito molho e só leva sopa congelada, para não haver acidentes. E, regressando a casa, a maior dica que a Rita pode oferecer é a de usar sabão azul para lavar as tupperwares gordurosas. Fica tudo fresco para o dia seguinte. Até porque, para ela, em Portugal é cada vez menos mal visto levar comida para o trabalho, da mesma maneira que se começa a aceitar melhor as compras em 2ª mão.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Comer Bem é + Barato

Decorreu ontem na Fundação Gulbenkian uma conferência sobre Alimentação e Saúde, inserida num ciclo dedicado ao tema O futuro da alimentação: ambiente, saúde e economia. A Gulbenkian é uma das parceiras de um projecto que se destina a promover como a alimentação saudável pode ser a mais económica, numa altura de crise: o Comer Bem é Mais Barato, que tem receitas e vídeos com refeições completas por €1 por pessoa.

Uma receita, rica em ferro, e mais receitas aqui.


quarta-feira, 11 de abril de 2012

Lovely lunchtime

Na temporada em que estive em Londres, há três anos, uma das coisas que gostava era de entrar nas lojas de stationery, com postais, cartões e materiais de papelaria, o que por cá se vê pouco (daí eu gostar da PaperPoint). Foi de lá que trouxe o meu jarro de água, que ontem viram no menu do dia, bem como um conjunto de bases do mesmo tema: mochos! E ainda um conjunto de caixas que já viram aqui, aqui e aqui.



E mais queria trazer! Por exemplo, se fosse agora a Inglaterra, teria dificuldade em escolher entre as coisas lindas da PaperChase para o almoço!





O site permite encomendar para Portugal, pagam-se £10 pelos portes. Mas há sempre alguém conhecido que está a ir a Inglaterra!

terça-feira, 10 de abril de 2012

Hoje no menu


Creme de beterraba (creme de legumes normal com uma beterraba cozida, passa-se tudo e leva uma pitada de noz moscada, umas gotas de natas ou crême fraiche para quem gostar) e arroz de pato

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Dançar à hora de almoço

Foto de Paulo Pimenta, Público
Dançar entre snacks à hora de almoço: a ideia foi trazida de Estocolmo, na Suécia, onde já é uma moda, para o Porto, nos Maus Hábitos, na passada 6ª feira. O Lunch Beat acontece à hora de almoço, sem álcool e com alguma comida ligeira, e pretende pôr toda a gente a dançar antes de regressar ao trabalho.

Foto de Lisa Soares, Global Imagens/JN 
Será que a ideia vai chegar a Lisboa ou espalhar-se pelo país?

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Boa Páscoa

Uma dica para os marmiteiros do Norte...
Lancheira Built na Goodlife


E hoje para depois do almoço... Boa Páscoa!



terça-feira, 3 de abril de 2012

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Individuais

Uma das coisas que deixa algumas pessoas desconfortáveis com a ideia de comer no trabalho é o facto de não terem uma toalha. Os individuais ou um simples pano de cozinha, ou até mesmo um guardanapo de pano, podem dar o conforto que faltava!

Panos feitos a partir de chita também são uma opção, mais personalizada!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...