sexta-feira, 27 de julho de 2012

Sushi (&) me

O blogue está a mudar-me. Nunca pensei que fosse possível que um dia, quiçá, a minha geleira levasse sushi para o almoçoAcho que as vezes que tinha experimentado não o tinha feito nos sítios certos, porque não era grande apreciadora.

Mas fui-me convertendo e, como devemos experimentar de tudo (e ao som desta música), fiz um workshop no restaurante Bonsai, do Fontana Park Hotel (Saldanha/Picoas), com a chef Paula Garção auxiliada pelo sushi man da casa, e... vi a luz!

Chef Paula Garção e sushi man do Bonsai
O segredo, como diz a Sónia, é ter os utensílios certos, principalmente uma faca, fazer worskhops para aprender e treinar.

Neste workshop, gostei mais do sabor (e do efeito visual) da manga, e das sementes de sésamo, que sempre adorei. Fizemos hossomakis de bacalhau fresco e pepino; urumakis de bacalhau fresco, e de manga; e neguiri de bacalhau fresco e ostras. Não ficou perfeito em termos de apresentação, mas bem melhor do que as minhas expectativas. E super saboroso!

Ready
(Roll)
Set
GO

A minha invenção de sushi com ingredientes portugueses, decorada para disfarçar o facto de ter sido mal enrolado... Foi usado chouriço Incarpo, que ganhou este ano o selo Sabor do Ano na categoria Mercearia/Enchidos

A companhia foi óptima: a Melhor Amiga da Barbie, a Pegada Feminina e o Homem Sem Blogue na minha mesa, e a The Beauty and the Best, Cinco Quartos de Laranja, Mini-Saia e Breakfast@Tiffany's na outra. Só me arrependi de não ter levado uma caixinha para trazer para casa... Ainda que consciente que o sushi não se deve guardar por mais do que uma noite.

2 comentários:

Joana disse...

Eu confesso que fui, até há coisa de um mês, uma resistente ao sushi. Não me convencia, mas resolvi experimentar num sítio que valesse a pena. Até gostei, não é mau, mas depois das primeiras provas, acho que enjoa um bocadinho. Acabei por, aos poucos, fugir para iguarias mais cozinhadas, mas não porque não tenha gostado, talvez seja mesmo só questão de hábito (e um bocadinho de implicância...)

Mas quer-me cá parecer que o sushi para a marmita, talvez não seja mesmo o melhor! ;)
Beijinho

Ana Jorge disse...

Joana, como gostei muito do sushi com vegetais (neste workshop usou-se pepino e manga, e eu tenho a ideia de experimentar com beterraba, pimento, courgette), era nesses que estava a pensar que poderiam ser para a marmita, porque o peixe é algo mais sensível para se conservar, especialmente agora no Verão. Mas, para quem é fã e faz em casa no Inverno, acho que daria ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...